“Infraestrutura Logística” – Pacote de concessões: agora vai?

O governo federal anunciou recentemente um pacote de concessões de infraestrutura, com previsão de R$ 198,4 bilhões em investimentos.

São R$ 69,2 bi entre 2015 e 2018 e R$ 129 bi a partir de 2019, divididos em:

arteconcessoes2

Por um lado, o anúncio busca melhorar as expectativas diante das dores do ajuste fiscal, cenário recessivo, conflitos com o Legislativo e popularidade do governo em baixa.

Grandes Projetos previstos no novo programa de Concessões:

Ferrovia Bioceânica

size_810_16_9_ProjetoFerroviaBioceânicaDo total de R$ 86,4 bilhões previstos para ferrovias, quase metade (R$ 40 bilhões) está destinado para o projeto de criar uma ferrovia que cruze o continente para escoar a produção para mercados asiáticos através do Oceano Pacífico.

“É um novo caminho que se abrirá para a Ásia, reduzindo distâncias e custos”, disse a presidente Dilma Rousseff em meados do ano passado, quando foi assinado um memorando de entendimento com a China, que deve financiar o projeto.

O trecho brasileiro tem 3,5 mil quilômetros e os estudos de viabilidade devem ser concluídos em maio de 2016.


Ferrovia Rio de Janeiro-Vitória

Uma ferrovia de 572 quilômetros entre Rio de Janeiro e Vitória também foi incluída no plano, com custo estimado pelos governos estaduais de R$ 7,8 bilhões.

size_810_16_9_FerroviaRioVitóriaA ideia é integrar o porto do Rio de Janeiro e os terminais privados de ambos os estados ao porto de Vitória e Tubarão.

As ferrovias são a parte até agora mais complicada das concessões federais. Dos 11 mil quilômetros incluídas no pacote de 2012, nenhum trecho foi concedido à iniciativa privada nos moldes apresentados naquele ano.


Rodovia Rio-Santos

A Rodovia Rio-Santos, que “já foi até tema de música”, como lembrou o ministro Nelson Barbosa, também entrou no pacote de rodovias a serem concedidas em 2016.

size_810_16_9_RodoviaRioSantosOs trechos 101/493/465, com extensão total de 357 quilômetros, e o Arco Metropolitano do Rio de Janeiro serão concedidos com investimento estimado deR$ 3,7 bilhões.

Ubatuba, uma das pontas do projeto, também terá seu aeroporto concedido em bloco por outorga, com previsão de R$ 12,7 milhões em investimento.


Rodovia Roraima – Mato Grosso

O estado do Mato Grosso é responsável por praticamente um quarto da produção de grãos do país.

size_810_16_9_RodoviaRoraimaMT

A concessão dos 806 quilômetros da BR-364 entre Comodoro e Porto Velho tem como objetivo melhorar o escoamento desta produção em direção à hidrovia do Rio Madeira.

A concessão deve ficar para 2016 e prevê R$ 6,3 bilhões em investimentos.


Aeroporto de Salvador

Os aeroportos, a parte mais bem-sucedida do Programa de Investimento em Logística (PIL) anterior, entraram no novo pacote com quatro projetos.

size_810_16_9_salvador

O maior deles é do Aeroporto de Salvador (Dep. Luís Eduardo Magalhães), o 8º mais movimentado do país e o 1º da região Nordeste, com 9,2 milhões de passageiros em 2014.

A previsão é de R$ 3 bilhões em investimentos para ampliação do terminal de passageiros e construção da 2ª pista.


Aeroporto de Porto Alegre

O Aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre, movimentou 8,4 milhões de passageiros no ano passado, o que faz dele o 9º mais movimentado do país e o 1º na região Sul

size_810_16_9_Aeroporto_de_Porto_Alegre

A ideia é conceder o aeroporto à iniciativa privada para que sejam feitos R$ 2,5 bilhões em investimentos para ampliação de pista, pátio e terminal de passageiros.


 

METODOLOGIAS ATIVAS

eps

Metodologia ativa é um processo amplo e possui como principal característica a inserção do aluno/estudante como agente principal responsável pela sua aprendizagem, comprometendo-se com seu aprendizado.

O processo de educar, devido a múltiplos fatores (como a rapidez na produção de conhecimento, a provisoriedade das verdades construídas no saber científico e, principalmente, da facilidade de acesso à vasta gama de informação deixou de ser baseado na mera transmissão de conhecimentos.

IMG-20150616-WA0019

Professor Júlio com alunos da UC Gerenciamento da Cadeia de Suprimentos – 4° Período

Nesse contexto as metodologias ativas surgem como proposta para focar o processo de ensinar e apender na busca da participação ativa de todos os envolvidos, centrados na realidade em que estão inseridos.4 Como enfrentamento ao este modelo tradicional imposto e aceito ao longo do tempo, tem-se lançado mão das metodologias ativas de ensino e aprendizagem, nas quais é dado forte estímulo ao reconhecimento dos problemas do mundo atual (tanto nacional quanto regional), tornando os alunos capazes de intervir e promover as transformações necessárias.

IMG-20150615-WA0005

Simulação realizada em sala- Movimentação de materiais na cadeia de Abastecimento

 O aluno torna-se protagonista no processo de construção de seu conhecimento, sendo responsável pela sua trajetória e pelo alcance de seus objetivos, no qual deve ser capaz de autogerenciar e autogovernar seu processo de formação.

IMG-20150615-WA0006

Alunos vivenciando as dificuldades que as empresas enfrentam no controle de materias na CS.

Para introduzir o conceito de Metodologia Ativa, é oportuno lembrar um provérbio chinês que diz: “O que eu ouço, eu esqueço; o que eu vejo, eu lembro; o que eu faço, eu compreendo.” Isso foi dito pelo filósofo Confúcio e tem relação direta com aprendizagem ativa.

IMG-20150616-WA0015

Com o tempo esse provérbio para facilitar o entendimento de métodos ativos de aprendizagem, dando a ele a seguinte redação:

• O que eu ouço, eu esqueço;

• O que eu ouço e vejo, eu me lembro;

• O que eu ouço, vejo e pergunto ou discuto, eu começo a compreender;

• O que eu ouço, vejo, discuto e faço, eu aprendo desenvolvendo conhecimento e habilidade;

• O que eu ensino para alguém, eu domino com maestria.

IMG-20150616-WA0016

Para se envolver ativamente no processo de aprendizagem, o aluno deve ler, escrever, perguntar, discutir ou estar ocupado em resolver problemas e desenvolver projetos.

            IMG-20150616-WA0017

Assim, aprendizagem ativa ocorre quando o aluno interage com o assunto em estudo – ouvindo, falando, perguntando, discutindo, fazendo e ensinando – sendo estimulado a construir o conhecimento ao invés de recebê-lo de forma passiva do professor

IMG-20150616-WA0018

PALESTRA SOBRE CENÁRIOS E PERSPECTIVAS NO BRASIL – CRA/RJ

palestra-oficial-crarj-2010-28-728
Prezados alunos, informo uma oportunidade de enriquecimento de conhecimento teórico.

No dia 25.06.2015, os alunos já terão terminado seu período de provas e estarão de férias.
O tema é bem atual e muito importante para a formação de opinião aos nossos alunos.
 
O Palestrante estará no Conselho Regional de Administração do Rio de Janeiro no dia 25 de junho (quinta-feira) a partir de 18:30 para ministrar palestra sobre Cenários e Perspectivas no Brasil.
 
Segue o link para inscrições:
 
 
 O evento é gratuito para o público, E VALE COMO HORAS DE ATIVIDADES ACADÊMICAS.
Estejam à vontade para estender para amigos e conhecidos interessados nos temas.

Nomenclatura das Rodovias Federais

  • Nomenclatura das Rodovias Federais
  • É importantíssimo que os alunos tenham conhecimento e saibam identificar as rodovias federais brasileiras pela sua numeração. Elas indicam as direções e mostram àqueles que pretendem trabalhar como OTM (Operadores de Transporte Multimodal), como fundamentos operacionais.

A nomenclatura das rodovias é definida pela sigla BR, que significa que a rodovia é federal, seguida por três algarismos. O primeiro algarismo indica a categoria da rodovia, de acordo com as definições estabelecidas no Plano Nacional de Viação.

Os dois outros algarismos definem a posição, a partir da orientação geral da rodovia, relativamente à Capital Federal e aos limites do País (Norte, Sul, Leste e Oeste).

Veja abaixo como são aplicadas essas definições:

1. RODOVIAS RADIAIS

São as rodovias que partem da Capital Federal em direção aos extremos do país.  

radial

Nomenclatura: BR-0XX

Primeiro Algarismo:
0 (zero)

Algarismos Restantes:
A numeração dessas rodovias pode variar de 05 a 95, segundo a razão numérica 05 e no sentido horário. Exemplo: BR-040


2. RODOVIAS LONGITUDINAIS

São as rodovias que cortam o país na direção Norte-Sul.

estr_longitudinais Nomenclatura: BR-1XXPrimeiro Algarismo:
1 (um)Algarismos Restantes:
A numeração varia de 00, no extremo leste do País, a 50, na Capital, e de 50 a 99, no extremo oeste. O número de uma rodovia longitudinal é obtido por interpolação entre 00 e 50, se a rodovia estiver a leste de Brasília, e entre 50 e 99, se estiver a oeste, em função da distância da rodovia ao meridiano da Capital Federal. Exemplos: BR-101, BR-153, BR-174.

3. RODOVIAS TRANSVERSAIS    

São as rodovias que cortam o país na direção Leste-Oeste.  

estr_transversais Nomenclatura: BR-2XXPrimeiro Algarismo:
2 (dois)Algarismos Restantes:
A numeração varia de 00, no extremo norte do país, a 50, na Capital Federal, e de 50 a 99 no extremo sul. O número de uma rodovia transversal é obtido por interpolação, entre 00 e 50, se a rodovia estiver ao norte da Capital, e entre 50 e 99, se estiver ao sul, em função da distância da rodovia ao paralelo de Brasília. Exemplos: BR-230, BR-262, BR-290

4. RODOVIAS DIAGONAIS    

Estas rodovias podem apresentar dois modos de orientação:
Noroeste-Sudeste ou Nordeste-Sudoeste.

diagonal Nomenclatura: BR-3XXPrimeiro Algarismo:
3 (três)Algarismos Restantes:
A numeração dessas rodovias obedece ao critério especificado abaixo:
Diagonais orientadas na direção geral NO-SE: A numeração varia, segundo números pares, de 00, no extremo Nordeste do país, a 50, em Brasília, e de 50 a 98, no extremo Sudoeste.
Obtém-se o número da rodovia mediante interpolação entre os limites consignados, em função da distância da rodovia a uma linha com a direção Noroeste-Sudeste, passando pela Capital Federal. Exemplos: BR-304, BR-324, BR-364.Diagonais orientadas na direção geral NE-SOA numeração varia, segundo números ímpares, de 01, no extremo Noroeste do país, a 51, em Brasília, e de 51 a 99, no extremo Sudeste.
Obtém-se o número aproximado da rodovia mediante interpolação entre os limites consignados, em função da distância da rodovia a uma linha com a direção Nordeste-Sudoeste, passando pela Capital Federal. Exemplos: BR-319, BR-365, BR-381.


5. RODOVIAS DE LIGAÇÃO    

Estas rodovias apresentam-se em qualquer direção, geralmente ligando rodovias federais, ou pelo menos uma rodovia federal a cidades ou pontos importantes ou ainda a nossas fronteiras internacionais. 

Nomenclatura: BR-4XX

Primeiro Algarismo:                             ligação
4 (quatro)

Algarismos Restantes:
A numeração dessas rodovias varia entre 00 e 50, se a rodovia estiver ao norte do paralelo da Capital Federal, e entre 50 e 99, se estiver ao sul desta referência. Exemplos: BR-401 (Boa Vista/RR – Fronteira BRA/GUI), BR-407 (Piripiri/PI – BR-116/PI e Anagé/PI), BR-470 (Navegantes/SC – Camaquã/RS), BR-488 (BR-116/SP – Santuário Nacional de Aparecida/SP).

 

  • Superposição de Rodovias

Existem alguns casos de superposições de duas ou mais rodovias. Nestes casos usualmente é adotado o número da rodovia que tem maior importância (normalmente a de maior volume de tráfego) porém, atualmente, já se adota como rodovia representativa do trecho superposto a rodovia de menor número, tendo em vista a operacionalidade dos sistemas computadorizados.

 

  • Quilometragem das Rodovias

A quilometragem das rodovias não é cumulativa de uma Unidade da Federação para a outra. Logo, toda vez que uma rodovia inicia dentro de uma nova Unidade da Federação, sua quilometragem começa novamente a ser contada a partir de zero. O sentido da quilometragem segue sempre o sentido descrito na Divisão em Trechos do Plano Nacional de Viação e, basicamente, pode ser resumido da forma abaixo:

Rododovias Radiais – o sentido de quilometragem vai do Anel Rodoviário de Brasília em direção aos extremos do país, e tendo o quilometro zero de cada estado no ponto da rodovia mais próximo à capital federal.

Rodovias Longitudinais – o sentido de quilometragem vai do norte para o sul. As únicas exceções deste caso são as BR-163 e BR-174, que tem o sentido de quilometragem do sul para o norte.

Rodovias Tranversais – o sentido de quilometragem vai do leste para o oeste.

Rodovias Diagonais – a quilometragem se inicia no ponto mais ao norte da rodovia indo em direção ao ponto mais ao sul. Como exceções podemos citar as BR-307, BR-364 e BR-392.

Rodovias de Ligação – geralmente a contagem da quilometragem segue do ponto mais ao norte da rodovia para o ponto mais ao sul. No caso de ligação entre duas rodovias federais, a quilometragem começa na rodovia de maior importância.

 

 

 

Treinamento WMS (Warehouse Management System)

 DIFERENCIAL DE APRENDER FAZENDO!

WMS_1_400wCompact1

O WMS (Warehouse Management System) é um sistema informatizado de gerenciamento de armazéns, que assume o controle total da movimentação e armazenagem, promovendo maior produtividade, menor custo, menor tempo em todos os processos executados, redução de perdas e de avarias, e eliminação de retrabalho, resultando em um armazém eficaz.

Penha WMS

A gestão dos estoques passou a assumir um papel estratégico junto as organizações, pois está intimamente ligada a disponibilidade de capital. Os sistemas de gerenciamento de armazéns ou WMS (Warehouse Management System) estão sendo cada vez mais utilizados e, com intuito de maximizar a capacitação dos nossos alunos, um dos grandes diferenciais do nosso curso de Logística são as aulas práticas de WMS realizadas no laboratório das unidades.

Neste semestre os alunos das unidades Penha e Caxias puderam colocar em prática os conhecimentos teóricos adquiridos em sala de aula, ou seja, “aprender fazendo”.

IMG-20150607-WA0007

 

(Alunos da Unidade Caxias)

Antes de mais nada, seria interessante esclarecer para todos o que é e para que serve um WMS?

O WMS (Warehouse Management System) é um sistema informatizado de gerenciamento de armazéns, que assume o controle total da movimentação e armazenagem, promovendo maior produtividade, menor custo, menor tempo em todos os processos executados, redução de perdas e de avarias, e eliminação de retrabalho, resultando em um armazém eficaz.

 

 

IMG-20150607-WA0008

 

(Laboratório – Unidade Caxias)

 

Infelizmente ainda existem muitas empresas que não dão o devido valor a gestão estratégica dos seus estoques. Qual a importância ou vantagens de uma boa/eficiente gestão de estoques?

Costuma-se dizer que mercadorias nas prateleiras não são mercadorias e sim, dinheiro em espécie. Enquanto os empresários enxergarem as mercadorias como mercadorias, certamente terão maiores problemas com estoques, pois cuidam dele com menor importância que o setor financeiro da empresa. É comum um empresário dizer: “só saio da empresa no final do dia, depois que o caixa fecha”. Enquanto isso, lá no armazém o estoque está cheio de furos.

 

IMG-20150607-WA0009

(Professor Rafael Deolindo)


 

Encontro (WMS) realizado na Unidade Penha.

 

IMG-20150609-WA0003

 

Gerir estoques com uma ferramenta eficaz como um WMS, implica em uma sensação de segurança disseminada na empresa. Os estoques só se movimentam se o WMS comandar. Sendo assim, funciona como uma conta bancária, onde somente entra ou sai dinheiro da conta caso o sistema permita.

 

IMG-20150609-WA0005

Os softwares de WMS podem fornecer diversas visões a respeito das movimentações dos estoques. São utilizados relatórios, gráficos, visões virtuais das estantes de armazenamento, etc. É comum que os WMSs tenham relatórios sobre taxa de ocupação cúbica do armazém, totais de movimentações de entradas e saídas por dia, produtividade da equipe do armazém, inventários, etiquetas, etc. A princípio, não há limites para as visões.

IMG-20150609-WA0011

 

O WMS está intimamente ligado ao RFID. As mercadorias com etiquetas RFID passam por portais e são captadas pelo WMS, o qual já interpreta automaticamente o tipo de movimento realizado. Apesar das virtudes do RFID, ainda há resistência do mercado devido ao custo alto das etiquetas. Quanto ao WMS, a absorção desta tecnologia já está dominada.

 

IMG-20150609-WA0012

 

O mercado para os próximos vinte anos é extremamente promissor para os softwares WMS, e o motivo é bastante simples: em tempos de moeda estável e de crescimento logístico, os empresários tem que buscar a redução de custos logísticos para que sua operação seja mais competitiva.

 

IMG-20150609-WA0014

Sam Walton, afirmou que o que proporcionou a Wal Mart, empresa que ele fundou, se tornar o maior supermercadista do mundo foi trocar estoques por informações. WMS é ferramenta de suma importância para um melhor ajuste do ponto de equilíbrio no gerenciamento do fluxo físico e fluxo de informações.

 

IMG-20150609-WA0016

Por que fazer uma Pós-Graduação/MBA ?

“POR QUE FAZER UMA PÓS GRADUAÇÃO/MBA?”

Se cursar uma pós-graduação já faz parte dos seus planos, parabéns. Mas, se você terminou ou está terminando a graduação e ainda se pergunta o que fazer da sua vida profissional, preparamos um pequeno roteiro para ajudá-lo a escolher qual caminho trilhar para construir sua carreira.

As exigências do Mercado

Empregabilidade

As exigências do mercado de trabalho estão cada vez maiores. Antes, com um diploma de graduação voce conseguia uma boa colocação. Mas, hoje em dia, um diploma de pós-graduação é imprescindível para garantir sua empregabilidade.

Porém, não pense que é somente um diploma que garante uma boa vaga ou a estabilidade profissional. Ter cursado uma pós-graduação em uma instituição de prestígio pode contar muito na hora da contratação ou da promoção, mas o domínio de outros idiomas, o bom comportamento nas redes sociais, um bom networking e as competências comportamentais (características dapersonalidade, como: autocontrole, inteligência emocional, contextual e capacidade de lidar com criticas e momentos de crise) também são avaliados em qualquer ambiente profissional, principalmente nas seleções de vaga e promoção profissional.

O que levar em conta na hora de escolher uma PÓS GRADUAÇÃO/MBA?

Existem várias modalidades de pós-graduação. No Brasil, os cursos de pós-graduação são divididos em dois grupos:

Lato sensu -Cursos de especialização ou MBA (Master in Business Administration).
Strictu sensu -Cursos de mestrado profissionalizante, mestrado e doutorado.

Se você não faz ideia de como escolher o tipo mais indicado para atingir as suas metas profissionais, é só avaliar os critérios no quadro abaixo:

 

Especialização MBA Mestrado Profissional Mestrado e Doutorado
Voltada para o aperfeiçoamento especifico em um tema ou modalidade mais prática de uma área do conhecimento Voltado para a Gestão e Administração, aplicadas a qualquer área de conhecimento Enfatiza estudos e técnicas voltadas ao desempenho profissional. É menos teórico que o mestrado e doutorado. Pós-graduação voltada para o ensino e a pesquisa científica. É de natureza mais teórica que as modalidades anteriores.
Aumento do salário em relação a um profissional graduado em cerca de 80% * Aumento do salário em relação a um profissional graduado em cerca de 80% * Dependendo da área, o aumento do salário pode chegar a ser o dobro ou o triplo do profissional graduado. ** Dependendo da área, o aumento do salário pode chegar a ser o dobro ou o triplo do profissional graduado. **
Tem duração média de 12 a 24 meses Tem duração média de 12 a 24 meses Tem duração média de 24 a 48 meses Tem duração média de 24 a 48 meses
Necessidade: Inglês básico Necessidade: Inglês Intermediário e outro idioma básico, como mandarim ou espanhol Necessidade: Inglês Intermediário e outro idioma básico, como mandarim ou espanhol Necessidade: Inglês Avançado e outros idiomas em nível intermediário, como espanhol e francês
Foco no mercado, na prática profissional Foco no mercado e é feito por quem deseja cargos de liderança Foco no mercado e é feito por quem deseja cargos de liderança e aperfeiçoar-se mais profundamente na sua área de atuação de forma prática Foco na pesquisa científica e na vida acadêmica , geralmente é escolhido por quem deseja se aperfeiçoar na parte teórica
Não prepara para a docência (ser professor) Não prepara para a docência (ser professor) Não prepara diretamente para a docência (ser professor), mas permite o exercício da função. É especialmente indicado para quem deseja exercer a docência (ser professor) e/ou a pesquisa científica.
Procurado por pessoas que não têm muito tempo para se dedicar aos estudos diários e à pesquisa científica Procurado por pessoas que não têm muito tempo para se dedicar aos estudos diários e à pesquisa científica Procurado por pessoas que já estão inseridas no mercado de trabalho e não possuem tempo para se dedicar à pesquisa científica Geralmente o profissional possui tempo para se dedicar aos estudo vários dias da semana

Contatos

Motivos para se fazer uma PÓS GRADUAÇÃO/MBA

Dos vários os motivos para se pensar hoje mesmo em fazer uma pós-graduação, o principal é “não perder tempo”. Se você acha que por ter terminado a graduação pode “tirar férias” do aperfeiçoamento profissional e ficar um tempo sem estudar ou reciclar seus conhecimentos, você com certeza vai ficar para trás no quesito “empregabilidade” em relação aos seus concorrentes. Abaixo separamos algumas motivações básicas para que você tome hoje mesmo sua decisão.

Infografico Empregabilidade

Aumento da Empregabilidade

Tornar seu currículo mais competitivo a ponto de estar apto a concorrer com vantagem em qualquer processo seletivo deve ser sua meta constante. Afinal, ninguém gosta de estar desempregado ou de ver as portas se fechando por causa da falta de interesses de recrutadores pelo nosso currículo.

  • Se você não possui muita experiência profissional, vale a pena investir em uma pós-graduação para tronar seu currículo mais atraente e também para ampliar seu networking, isto é, sua rede de contatos que, no futuro, pode lhe garantir boas oportunidades de empregos e negócios.
  • Se você já possui bastante experiência profissional, vale a pela investir numa pós-graduação para aperfeiçoar seus conhecimentos e consolidar o item “formação acadêmica” como um atrativo a mais em seu currículo. Ter dois pontos fontes – a teoria e a prática – é melhor que ter apenas um.

Reconhecimento profissional

O reconhecimento profissional pode ser basicamente de dois tipos: a promoção de cargo ou o aumento de salário. Você pode continuar no mesmo cargo e ganhar um aumento, ou mudar de cargo e ganhar uma bonificação salarial. Em geral, o reconhecimento profissional significa aumento de responsabilidades, aumento de visibilidade pessoal, reconhecimento das suas capacidades técnicas e comportamentais, adequadas ao seu novo cargo ou merecedora do sonhado aumento salarial.

Em ambos os casos, as decisões das chefias favorecem os membros da equipe que têm melhor formação acadêmica e competências profissionais, e os profissionais com pós-graduação disparam sempre na frente desta competição, pois significa que o profissional está engajado com sua carreira, com disciplina e ambição para continuar progredindo constantemente nos ambiente profissional.

Redirecionamento de Carreira

Você está insatisfeito com o curso no qual se graduou ou quer redirecionar o seu foco de atuação? Às vezes, uma pós-graduação é a melhor saída. Além de ser o caminho mais curto e menos dispendioso para entrar em outra área de conhecimento, existem muitos cursos transdisciplinares que podem ajudá-lo a criar um novo foco de atuação totalmente novo, seja para mudar de emprego ou enfrentar novos desafios profissionais.

Empreendedorismo

Já pensou em ser seu próprio patrão e abrir um negócio? Nada melhor do que uma pós-graduação que ofereça uma visão gerencial, com foco em atividades de gestão empresarial , marketing e empreendedorismo para ajudá-lo a pensar em planos de negócios, planilhas de custos, processos de negociação e inovação.

Com a Palavra, a Diretora!           

A Prof.ª Dr.ª Nara Pires, Diretora do núcleo de Pós-GraduaçãoLato Sensu Unigranrio, explica porque fazer uma Pós-Graduação é importante para sua carreira profissional.    

            COPIE O LINK E ASSISTA:    https://www.youtube.com/watch?t=63&v=cIIXWSbUaeA

Motivos não faltam para você fazer um curso de Pós-Graduação, entre eles está a chance de conquistar melhores salários, realizarnetworking, alcançar maiores cargos e, principalmente, adquirir novos conhecimentos e ferramentas para se manter atualizado no seu campo profissional, seja ele inovador ou tradicional. O que você também precisa saber é que existem ótimos motivos para escolher a Pós-Graduação da Unigranrio. São mais de 40 cursosLato Sensu nas áreas de Criatividade e TecnologiaDireito,Educação e HumanasGestão e Saúde.

Referência: http://www.posgrado.net.br/quem-somos/por-que-fazer-uma-pos-graduacao.html

II ELOG-CRA/RJ – (Encontro de Administradores de Logística)

Palestra-10-06-2015-II-ELOG-Encontro-de-Administradores-de-Logística1

 II ELOG-CRA/RJ

   (Encontro de Administradores de Logística) 

Data: 10 de junho de 2015

 Tema Central:

         ” Logística, Infraestrutura, Pessoas, Processos, Tecnologias e Tendências”

Público alvo:

Empresários, Diretores, Gerentes, Administradores,  Supervisores, Estudantes de Administração, Logística, Recursos Humanos, Marketing e áreas afins.

O Conselho Regional de Administração do Rio de Janeiro promoverá o II Encontro de Administradores de Logística (ELOG) acontecerá no dia 10 (teça-feira) das 8h30 às 16h30 e conta com 6 palestras e 2 mesas redondas,que debaterão com os participantes assuntos relacionados ao tema “Logística, Infraestrutura, Pessoas, Processos, Tecnologias e Tendências”.

A participação em ambos os eventos é gratuita. Para participar basta fazer a através do site do Conselho-CRA-RJ.

As palestras valem como Horas de Atividades Acadêmicas” para os alunos.

NÃO PERCAM!

 SEGUE ABAIXO A PROGRAMAÇÃO

HORÁRIO ATIVIDADE – MANHÃ  

LOCAL

 08:30h

às

09:00hCredenciamento e “Welcome Coffee”

 Anexo ao

Auditório 09:00h

às

09:10hAbertura do II ELOG CRA/RJ

Adm. Wagner Siqueira – Presidente do Conselho Regional de Administração do Rio de Janeiro. (CRA/RJ).Auditório 09:10h

às

10:00h

A Competitividade da Plataforma Logística do Estado do Rio de Janeiro

Eduardo Duprat F. de Melo – Superintendente de Logística de Cargas da Secretaria Estadual de Transportes do Rio de Janeiro.            Auditório

10:00h

às

10:50hTecnologias de rastreamento e Gerenciamento de riscos como ferramentas na prevenção de perdas no transporte rodoviário de cargas.

Altielli Freire – Administrador de Empresas. Professor Universitário. Especialização: MBA em Logística Empresarial e Docência Superior pela UCAM. Mestrando em Economia. Mais de 10 anos de atuação no mercado de transporte rodoviário de cargas. Consultor Empresarial  e  Gestor em renomadas empresas em Tecnologias de rastreamento e Gerenciamento de riscos como ferramentas na prevenção de perdas no transporte rodoviário de cargas. Atualmente é Gerente Regional da Getran Geranciamento de Riscos.Auditório 10:50h

às

11:40hPessoas, Processos e Tecnologia

 

Helio Ricardo MeirimCEO da HRM Logística consultora & treinamento, tendo atuado, por mais de 20 anos, no Brasil e no exterior, em cargos executivos de empresas nacionais e multinacionais nos segmentos de Operadores Logísticos, Transportadores, Varejo, E-Commerce, Indústria Farmacêutica, Alimentícia, Siderúrgica, Química e Agrobusiness. Coordena a comissão de logística do Conselho Regional de Administração – RJ, é professor, escritor e palestrante.Auditório

 

11:40h

 

às

12:10hEsclarecimentos adicionais (Mesa Redonda)

Mediação: Adm.  Marcelo Vieira

 

Auditório

 

 

 

12:10h

às

13:10hReservado para Almoço Livre


HORÁRIO ATIVIDADE – TARDE  

LOCAL

 13:10h

às

14:00hO Perfil do Profissional de Recursos Humanos em atividades Logísticas

 

Rejane Ferreira dos Santos–Psicóloga. 20 anos de carreira profissional. Consultora Empresarial e Desenvolvimento Gerencial em Recursos Humanos, PPRA, PCMSO, SASSMAQ. Professora Universitária em Cursos de Graduação e Pós Graduação. Pós-Graduada em Gestão Empresarial pela POLI/UFRJ e em Psicologia Médica e Psicossomática do trabalho. Vários trabalhos de reestruturação, implantação, coordenação e funcionamento da área de Recursos Humanos e seus subsistemas.Auditório 14:00h

às

14:50hA Logística no e-comerce

Rafael Tavares de Lima – Profissional na área de logística há 10 anos. Pós-Graduado em Logístia Empresarial pela Unigranrio. Gerente distrital RJ da BW, responsável pela Gestão Loística de 6 transportadoras no Estado do Rio de Janeiro e de Logística Distributiva e Reversa de produtos das marcas Americanas.com; Shoptime.com; Submarino.com e Soubarato.com.Auditório 14:50h

às

15:00h 

“Coffee Break”

Anexo ao

Auditório

15:00h

às

15:50hT   Logística Reversa: Logística de resíduos na Cidade do Rio de Janeiro, com foco na Logística Reversa da Nova Política Nacional de Resíduos Sólidos

Edison da Silva Sanromã – Consultor Empresarial. Professor Universitário. Gerente de “Facilities” do Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016.Ex´Gestor de Categorias na Vale e Ex-Coordenador de Facilities na Shell Brasil. Vasta atuação nas áreas de Suprimentos, Infraestrutura, Manutenção e Limpeza. Idealizador e Coordenador em Cursos de Pós-Graduação e Gestão em Infraestrutura Predial e Industrial – Facilities Dervices.Auditório 15:50h

às

16:20hEsclarecimentos adicionais (Mesa Redonda)

Mediação: Adm.  Sandro Reis

 

Auditório

 

16:20hEncerramento

Adm. Helio Ricardo Meirim – Coordenador da Comissão de Logística (CLog) do Conselho Regional de Administração do Rio de Janeiro. (CRA/RJ.Auditório

 

 

EM TEMPO: No site do CRA/RJ, consta, também, uma palestra que ocorrerá no dia 25.06.2015, cujo tema é: “Cenários e Perspectivas no Brasil”, cujo palestrante será nosso amigo Sandro Reis.

É, também, uma palestra GRATUITA!

(VALENDO HORAS DE ATIVIDADE ACADÊMICA)

Seminário de Logística 2015.1

 

download (2)

Seminário de Logística 2015.1

FOI UM SUCESSO ABSOLUTO!

 

IMG-20141231-WA0029

 

O Seminário de Logística realizado entre os dias 25 a 28 de Maio de 2015 foi um enorme sucesso. Foram realizadas diversas palestras tendo como tema central “A Importância da Gestão de Estoques na Logística” que ocorreram em todos os Campis onde existe o curso de Logística. Toda a equipe de professores representados na foto acima (faltando apenas Rafael Deolindo e Marcelo Rosa) realizaram um esforço em conjunto para que se fosse possível trazer o máximo “palestrantes convidados” que fossem atuantes no mercado de trabalho. Para que, desta forma, pudessem compartilhar conosco todas as suas vivências e práticas de mercado em Gestão Logística.

Aproveitamos a oportunidade e convidamos a todos para assistirem ao vídeo institucional do nosso curso:

images

https://www.youtube.com/watch?v=O5sbk-y3dA4

 


 

Data: 26.05.2015 (terça-feira) – Noite

Hora: 19:00-21:30 horas

Campus/Unidade: Nova Iguaçu

 IMG-20150604-WA0008

Professores: Moura, Vítor, Marcelo Rosa e Palestrante convidado

 

IMG-20150604-WA0013

Prof. Alessandro realizando a abertura do seminário em Nova Iguaçu.

Tema 1:Estoque Real x Estoque por Padronização – Vantagens e riscos para o Processo Logístico.

 Palestrante: Rafael Moraes da Silva

 CV Resumido: Pós-Graduado em Docência Superior; Graduação em Sistema de Informação.

Técnico em Processamento de Dados; Larga experiência  em gestão de equipes de TI; em sistemas de gestão empresarial (TOTVS); em módulos de contabilidade, fiscal, compras, materiais; PCP e em reestruturação de processos.

 

IMG-20150604-WA0015

 

Tema 2:Mobilidade Urbana: Oportunidades e Desafios

 Palestrante: Luciano Franco Leonardelli

CV Resumido: MBA – Cadeia de Gestão em Logística; Graduação em  Administração;  

Experiência de quatorze anos e cinco meses em empresa multinacional do segmento de fumo, com forte vivência no Departamento Gráfico nas áreas de Gestão de Materiais, Produção e Manutenção; Êxito na transferência da Planta com foco nas áreas de Materiais, incluindo transferência de tecnologias, equipamentos e motivação das equipes durante processo de encerramento da fábrica do Rio de Janeiro; Liderança em diversos projetos na área de Materiais, obtendo resultados significativos na redução de custos e agilização de processos;

IMG-20150604-WA0019

 

 


 

Data: 28.05.2015 (quinta-feira) – Noite

Hora: 19:00-21:30 horas

Campus/Unidade: Duque de Caxias

IMG-20150604-WA0027

 Professor Pablo na abertura do Seminário em Caxias.

Tema 1:Mobilidade Urbana: Oportunidades e Desafios

Palestrante: Luciano Franco Leonardelli

CV Resumido: MBA – Cadeia de Gestão em Logística; Graduação em  Administração;  

Experiência de quatorze anos e cinco meses em empresa multinacional do segmento de fumo, com forte vivência no Departamento Gráfico nas áreas de Gestão de Materiais, Produção e Manutenção; Êxito na transferência da Planta com foco nas áreas de Materiais, incluindo transferência de tecnologias, equipamentos e motivação das equipes durante processo de encerramento da fábrica do Rio de Janeiro; Liderança em diversos projetos na área de Materiais, obtendo resultados significativos na redução de custos e agilização de processos;

 

IMG-20150604-WA0028

 

Tema 2: Planejamento e Gestão Operacional, Armazenagem, Distribuição, Processos Logísticos e Suprimentos

Palestrante:  Ananias dos Santos Bóia 

CV Resumido:Bacharel em Administração de Empresas. Pós Graduação em Logística

Empresarial.  MBA – Gerenciamento de Projetos. Vasta experiência consolidada em Logísticanos diversos setores de atuação: Membro do Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos eParaolímpicos 2016. Gestor de Logística e Frotas. Forte atuação nas áreas de armazenagem e distribuição.

 

IMG-20150604-WA0032

 

 

O Professor Moura realizou o encerramento e parabenização de todos os participantes presentes no auditório.

IMG-20150604-WA0036 (1)

 

IMG-20150604-WA0037 (1)

Participação expressiva dos alunos de Logística em Caxias.

 

 


 

Data: 25.05.2015 (segunda-feira) – Noite

Hora: 19:00-21:30 horas

Campus/Unidade: Penha

20150525_192043

A Unidade Penha foi a escolhida para receber a  palestra inaugural da nossa semana de Logística. O Professor Alessandro Santana (foto acima) realizou o cerimonial de abertura e apresentação dos palestrantes convidados.

 

Tema 1:Estoque Real x Estoque por Padronização – Vantagens e riscos para o Processo Logístico.

 Palestrante: Rafael Moraes da Silva

 CV Resumido: Pós-Graduado em Docência Superior; Graduação em Sistema de Informação.

Técnico em Processamento de Dados; Larga experiência em gestão de equipes de TI; em sistemas de gestão empresarial (TOTVS); em módulos de contabilidade, fiscal, compras, materiais; PCP e em reestruturação de processos.

20150525_193641

 

Tema 2: Marketing como Ferramenta de otimização na Gestão de Estoques

Palestrante: Josué Bellot de Mattos

 CV Resumido: Profissional Formado em Gestão de Marketing, Pós-Graduação, em Marketing com ênfase no Varejo – UCAM, Mestrando – em Ciências da Saúde e do Meio Ambiente, pela UNIFOA. Professor Universitário no CESVA/FAA, e Professor de Nível Técnico, nos cursos de Técnicos em Administração, Logística e Contabilidade Pelo SENAC RIO e no CTEC nos cursos de Técnico em Administração e Finanças. Consultor empresarial pela Gestão 1 Consultoria atuando nas áreas de Marketing, Recursos Humanos, Finanças e Logística.

20150525_202323

 

Vale ressaltar que neste evento houve ampla cobertura de Marketing realizada pelos próprios alunos do curso Tecnológico em Marketing como parte de atividade prática avaliativa.

 

20150525_193641

Palavras de encerramento do professor Alessandro no nosso primeiro dia de seminário.

20150525_192023


 

 

 SANTA CRUZ DA SERRA

No dia 27 de Maio o auditório da Unidade ficou com a sua lotação máxima com o comparecimento dos alunos de todos os períodos de Logística.

20150527_212925 (1)

Na foto acima podemos ver todos os organizadores e palestrantes convidados.

A participação e envolvimento dos alunos em Santa Cruz foi um destaque a parte, sendo inclusive elogiada pelos palestrantes presentes no evento.

20150527_201134 (1)

Dizem que “uma imagem vale por 1000 palavras…”, conseguimos capturar o momento onde Mestre e Aluno se reencontraram. A palestrante Josilene que é ex-aluna da Unigranrio, cumprimenta seu antigo Mestre, professor Moura.

20150527_201151 (1)

 

Tema 1: Reduzir ou manter estoques? Uma visão estratégica.

 Palestrante: Josilene Barros

 CV Resumido: Administradora e especialista em Logística Empresarial e em Marketing pela FGV. Experiência profissional em Logística de Suprimentos no segmento de construção civil. Atualmente Professora Universitária e Coordenadora de Cursos de Logística no SENAC-RIO.

 

20150527_191415

 

Tema 2: Transportes e Estoques: Duas Atividades Complementares

Palestrante: Alex da silva Pereira

CV Resumido: MBA em Gestão Empresarial (cursando); graduação em logística

Supervisor de logística / transporte, itambé alimentos s/a.

Supervisão de Transporte / Distribuição física. Cotação de valores de frete; Negociação / Contratação de equipamentos de transporte para atendimento de demanda; Definição de melhor combinação de transporte x carga, visando redução de custos; Controle, acompanhamento e comprometimento com indicadores de qualidade; Reuniões com clientes (externo e interno) estratégicos, administrando negociações para melhorias de processos; Desenvolvimento de processos/procedimentos nas atividades de transporte, visando aumento da qualidade e produtividade. Desenvolvimento de equipes visando alta performance e motivação. Elaboração de plano de ação para tratativa de desvios, corrigindo curso e mantendo desempenho e alto nível de atendimento (PDCA)

IMG-20150604-WA0041 (1)

 

Tema 3: Tecnologias de rastreamento e Gerenciamento de riscos como ferramentas na prevenção de perdas no transporte rodoviário de cargas.

 Palestrante: Altielli da Silva Freire

 CV Resumido: Administrador de Empresas. Professor Universitário. Especialização: MBA em Logística Empresarial e Docência Superior pela UCAM. Mestrando em Economia. Mais de 10 anos de atuação no mercado de transporte rodoviário de cargas. Consultor Empresarial  e  Gestor em renomadas empresas em Tecnologias de rastreamento e Gerenciamento de riscos como ferramentas na prevenção de perdas no transporte rodoviário de cargas. Atualmente é Gerente Regional da Getran Geranciamento de Riscos.

 

20150527_212153 (1)

 

 O auditório da Unidade de Santa Cruz da Serra (abaixo) ficou pequeno no dia do nosso seminário.

20150527_201105

 

 


Data: 28.05.2015 (quinta-feira) – Noite

Hora: 19:00 -21:30 horas

Campus/Unidade: Magé

 

Na noite do dia 28 de Maio na Unidade Magé o palestrante Wagner Rodrigues Neves (abaixo) nos presenteou com uma palestra cujo tema foi “Estoque e Produção Integrada”. Wagner compartilhou conosco a sua experiência de mercado em Planejamento e Controle da Produção, bem como, em coordenação de equipes para atendimento de pedidos e ordens de produção.

Tema 1:Estoque e Produção Integrada

 Palestrante: Wagner Rodrigues Neves

 CV Resumido:Profissional de Logística, Armazenagem, Suprimentos e Produção; MBA em

Logística Empresarial. Graduado em Logística. Inglês avançado. Carreira desenvolvida em empresas de grande porte do segmento químico, metalúrgico (óleo e gás) e telecom. Programação e controle de suprimentos industriais. Vivência em controle de estoque de produtos acabados e em processo. Experiência em planejamento e controle de produção. Coordenação de equipes para atendimento de pedidos e ordens de produção.

20150528_192714

 

 

 Tema2:Nível de serviço dos estoques: Uma questão de sobrevivência estratégica


 Palestrante: Luciano Rivas

CV Resumido: 

· PÓS – GRADUAÇÃO LOGÍSTICA EMPRESARIAL
· BACHAREL EM ADMINISTRAÇÃO

 GERENTE DE OPERAÇÕES EM LOGÍSTICA

 12 ANOS DE CARREIRA EM GESTÃO EM LOGISITCA E DISTRIBUIÇÃO DE PRODUTOS DESENVOLVIDA EM EMPRESAS COMO:

 Professor Logística e Administração no Senac RJ

 Gerente de Operações Metropolitan Logística Comercial Ltda.  Multinacional Brasileira de grande porte- segmento de Logística e Transporte  Supervisor de operações

 Fast Shop. Multinacional Brasileira de grande porte- segmento de eletro eletrônico e Supervisor de operações Platinum Logística OL Brasileira no ramos de prestação de serviços Logístico, Coordenador de operações

 

20150528_200229

 

 


 

 

Data: 25.05.2015 (segunda-feira) – Noite

Hora: 19:00-21:30 horas

Campus/Unidade: Irajá

 Professor Rafael Deolindo, Coordenador Adjunto na Unidade Irajá, realizando a abertura do seminário e apresentação dos palestrantes convidados.

DSC00081

 

 

Tema1:Transportes e Estoques: Duas Atividades Complementares

Professor do Curso de Logística (Unigranrio) – Júlo Loureiro

 

DSC00091

 

 

Tema 2:Transformando Gestão de Estoques em Vantagem Competitiva através das Ferramentas de Marketing

Palestrante: Wendel Lima

CV Resumido: Pós-Graduação em Gestão Empresarial. Profissional com mais de 20 anos de

experiência de mercado, em empresas como Unibanco, Ambev, Jornal O Lance, Wise Up, SENAC.

 

DSC00096

 

 

CONSELHO REGIONAL DE ADMINISTRAÇÃO – CRA RJ

 

download

Entidade civil dotada de personalidade jurídica de direito público, com autonomia técnica, administrativa e financeira, criada pela Lei Federal 4.769, de 9 de setembro de 1965, como órgão consultivo, orientador, disciplinador e fiscalizador do exercício da profissão de Administrador. Congrega atualmente cerca de 48 mil profissionais de Administração no Estado do Rio de Janeiro e mais de 5.000 empresas que atuam no campo da Ciência da Administração. Dentre suas finalidades estabelecidas em lei, destaca-se a de unificar e fortalecer a categoria profissional dos Administradores. Não recebe nenhuma subvenção do Governo Federal, sendo mantido pela anuidade, paga pelos profissionais inscritos.

 

MISSÃO DO CRA

Promover a difusão da Ciência da Administração e a valorização da profissão de Administrador, visando a defesa da Sociedade.

 

FINALIDADE DO CRA

Dar execução às diretrizes formuladas pelo Conselho Federal de Administração;
Fiscalizar, na área da respectiva jurisdição, o exercício da profissão de Administrador;
Organizar e manter o registro dos Administradores;
Julgar as infrações e impor penalidades, na conformidade da Lei nº 4.769/65; Expedir as carteiras profissionais dos Administradores;
Resguardar o mercado de trabalho, evitando que profissionais alheios à categoria assumam tarefas privativas do Administrador, conforme estabelece a Lei nº 4.769/65;
Unificar e fortalecer a categoria profissional dos Administradores.

 

PRINCÍPIOS ORIENTADORES DA ADMINISTRAÇÃO

Para o cumprimento de sua missão, o Sistema CFA/CRAs acredita, respeita e aceita como orientadores os seguintes princípios:

  1. SOCIEDADE E CIDADANIA:
    A defesa da sociedade deve ser feita em total comprometimento com a cidadania e com irrestrito cumprimento à legislação.
  2. MACROAMBIENTE:
    As ações, atitudes e comportamentos devem guardar respeito ao ser humano, à sociedade e ao ambiente.
  3. CONHECIMENTO:
    A valorização do conhecimento deve ser considerada como fundamental para a profissão, assim como o compromisso com o avanço tecnológico e com as mudanças que a atualização requer devem ser buscadas continuamente.
  4. PROFISSÃO:
    A atuação profissional do Administrador deve ser realizada com independência, mas guardando o respeito e buscando integração com as outras profissões.
  5. PARTICIPAÇÃO:
    A participação e o comprometimento dos Administradores são fatores que valorizam a profissão, e devem ser continuamente estimulados.

 

Carteira Especial de Estudante

logotipo-carteira-especial-do-estudante

Estudante também tem espaço no CRA-RJ

A Carteira Especial de Estudante (CEE) é gratuita e, além de aproximar o estudante do seu Conselho, proporciona os seguintes benefícios:

  • Usufruir gratuitamente dos cursos de extensão oferecidos em parceria com a Dtcom, via internet, que valem horas para as suas Atividades Acadêmicas Complementares.
  • Receber os informativos impressos e eletrônicos do CRA-RJ: Revista AdministrAçãoRAD e Atualidades;
  • Participar das palestras e eventos promovidos pelo CRA-RJ, na sede e nas Casas do Administrador do interior;
  • Utilizar o Serviço de Assistência Sócio Jurídica gratuita;
  • Obter assistência de plano/seguro saúde com condições diferenciadas;
  • Aproveitar descontos em serviços e compras junto a empresas conveniadas com o CRA-RJ;
  • Acessar gratuitamente o Banco de Empregabilidade do CRA-RJ, para inclusão de currículo e busca de estágios e empregos;
  • E diversos outros serviços que venham a ser criados pelo CRA-RJ e estendidos aos portadores da CEE.

Pedir a sua CEE é muito fácil

FRENTE

cee_frente

VERSO

cee_verso_revista

Antes de iniciar o seu pré-cadastro, será necessário possuir em mãos os documentos necessários, devidamente escaneados e transformados em arquivos digitais para inserção no sistema.

OBS: É importante que as imagens de documentos formem um único arquivo. Por exemplo: a carteira de identidade, em frente e verso, deverá estar em um único arquivo. O sistema está preparado para aceitar  arquivos no formato jpg, com no máximo 12MB de tamanho.

  • Uma foto 3×4 para documento (fundo branco);
  • Carteira de identidade frente e verso em um único arquivo;
  • Comprovante de residência;
  • Declaração atualizada da Instituição de Ensino Superior;
    ou
  • Declaração para estágio, emitida pela IES;
    ou
  • Comprovante de pagamento da mensalidade, do mês vigente, informando o nome do curso e período cursado, com assinatura e carimbo do Coordenador do curso;
    ou
  • Matriz curricular com as disciplinas cursadas e respectivas cargas horárias, com assinatura e carimbo do Coordenador do curso;
    ou
  • Contrato de matrícula datado e assinado do semestre vigente;

 

 A 2º via da CEE poderá ser emitida exclusivamente nos seguintes casos, também através do AUTOATENDIMENTO:

  • Roubo ou furto, mediante apresentação (digitalizado) do Boletim de Ocorrência Policial, sem cobrança de qualquer taxa adicional;
  • Transferência de unidade de ensino superior, com a devida comprovação, sem cobrança de taxa adicional;
  • Renovação da CEE, mediante a apresentação dos documentos digitalizados, sem cobrança de qualquer taxa adicional;
  • Perda ou extravio, mediante quitação da taxa de 2º via da CEE, no valor de R$ 10,00, através de cartão de crédito ou boleto no Autoatendimento.

O prazo de validade da carteira é de até 02 anos, podendo ser prorrogado por igual período, que deverá coincidir com a data da colação de grau.

Em caso de dúvidas, entre em contato pelo e-mail: estudante@cra-rj.org.br ou pelo tel. (21) 3872-9649.

 

 

SERVIÇOS DO CRA-RJ

download (1)          images (1)           images (1)


images (2)

 

images (3)

images (6)

images (3)       images            images

                         images (5)                              images (2)

 

Registro Profissional

 

Registre-se no CRA-RJ!

Para obtenção do Registro Originário, o Bacharel em Administração ou egressos dos cursos que conferem o registro no CRA-RJ, conforme a ÁREA DE ATUAÇÃO, deverão acessar o AUTOATENDIMENTO,  anexando os seguintes documentos digitalizados:

1 - Diploma : frente e verso, ou declaração de conclusão do curso com data de colação de grau
- Carteira de  identidade (RG)
3 -  CPF
4 - Comprovante de residência

Durante o pré-registro, será solicitado o pagamento das taxas de inscrição e de carteira e a anuidade proporcional

 

 

Fique atento e faça logo o seu registro!

Os formados que solicitarem o registro profissional até 60 dias, contado a partir da data de colação de grau , terão 50% de desconto na 1ª anuidade.

Fique atento e não perca o prazo!

No caso de ainda não possuir o diploma, será expedida uma carteira de identidade profissional (CIP) provisória com validade de dois anos. Dentro desse prazo, o profissional deverá apresentar o diploma devidamente registrado nos órgãos competentes, para emissão da CIP definitiva sob pena de autuação pelo descumprimento dessa obrigação. Vale lembrar que a CIP provisória tem as mesmas prerrogativas e obrigações da definitiva.

PARA MAIORES INFORMAÇÕES:

CONTATOS

Central de Atendimento (Pessoas físicas) – (21) 3872-9550
Registro de Empresas – (21) 3872-9626
Fiscalização – (21) 3872-9622
Denúncia 3872-9644 ou 3872-9645
Dívida Ativa 3872-9630 ou 3872-9551
Carteira de Estudante – (21) 3872-9649
Orientação Sociojurídica Telefônica – (21) 3872 – 9561

Atendimento – atendimento@cra-rj.org.br
Cadastro – cadastro@cra-rj.org.br
Fiscalização – fiscal@cra-rj.org.br
Registro de Pessoa Jurídica – rpj@cra-rj.org.br
Secretaria – cra-rj@cra-rj.org.br
Dívida Ativa – gediv@cra-rj.org.br

Horário de atendimento: 09:00h às 18:00h de segunda a sexta.
Central Telefônica: Tel/Fax (21) 3872-9550

Correios:
Rua Professor Gabizo, 197 – Tijuca
Rio de Janeiro – RJ – Brasil
CEP: 20271-064