Blogs Unigranrio

Rascunho automático

Semana_RH_Semana_RH-Facebook versão final (1)

4. PERIODO RH - SISTEMA NASAJON 3

Metodologia Ativa no laboratório de informática

4. PERIODO RH - SISTEMA NASAJON 1

Sistema: Nasajon (Prof.ª Denise Oliveira)

4. PERIODO RH - SISTEMA NASAJON 2

Rascunho automático

ABRH RJ - 3    ABRH RJ 2015

 

Centro Sul Am̩rica РRJ

Dias: 19 e 20 de maio de 2015.

 

 

ABRH RJ - 13 ABRH RJ - 12 ABRH RJ - 11 ABRH RJ - 10 ABRH RJ - 9 ABRH RJ - 8 ABRH RJ - 7 ABRH RJ - 6 ABRH RJ - 5 ABRH RJ - 4 ABRH RJ - 3 ABRH RJ - 2 ABRH RJ - 1

 

 

RH Ação (Unidade: Penha )

RH AÇAO - PENHA 2 RH AÇAO - PENHA 3 RH AÇAO - PENHA 4 RH AÇAO - PENHA 5 RH AÇAO - PENHA 6 RH AÇAO - PENHA 7 RH AÇAO - PENHA 8 RH AÇAO - PENHA 9 RH AÇAO - PENHA 10 RH AÇAO - PENHA 11 RH AÇAO - PENHA 12 RH AÇAO - PENHA 13 RH AÇAO - PENHA 14 RH AÇAO - PENHA 16

Café com RH - Disciplina: Gestão Integrada de RH (unidade: Penha)

DISCIPLINA - GESTÃO INTEGRADA DE RH MAPA CONCEITUAL - APRESENTAÇÃO DOS ALUNOS

Profs: Cristina, Denise e Nivaldo

2. RH noite - Penha 8

Apresenta̤̣o dos alunos da Penha РProfs: Cristina, Denise e Nivaldo

2. RH noite - Penha 7 2. RH noite - Penha 6

 

2. RH noite - Penha 5 2. RH noite - Penha 4 2. RH noite - Penha 3 2. RH noite - Penha 2 2. RH noite - Penha 1 2. RH manhã- Penha 4 2. RH manhã- Penha 3 2. RH manhã- Penha 2 2. RH manhã- Penha 1

Tema: Trabalhabilidade

Trabalhabilidade

Trabalhabilidade

3. RH manhã- Penha 3

3. Período  de RH - Penha (Manhã)

3. Período de RH – Penha (Manhã)

Apresentação das alunos da Disciplina: R&S

Apresentação das alunos da Disciplina: R&S

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Na sociedade contemporânea, o ser humano precisa desenvolver competências inéditas, entre elas a empregabilidade. Logo, necessita de novas habilidades e de dedicar-se a um aprendizado continuo. No entanto, o homem é o principal agente e o objeto sobre o qual essas mudanças se aplicam, o que acarreta desafios e ansiedades que irão determinar o questionamento de seus valores

EMPREGABILIDADE: é a capacidade do ser humano de se adequar às novas exigências através do aprendizado continuo para desenvolver novas habilidades que tornam o profissional necessário não apenas para uma, mas para todas e qualquer organização.

Empreendedores brasileiros: perfis e percepções.

empreender2Empreendedores brasileiros: perfis e percepções. Este é o tema da pesquisa realizada pelo Instituto Endeavor Brasil com o apoio da Ibope inteligência.

A pesquisa constatou que três em cada quatro brasileiros preferem ter um negócio próprio a ser funcionário de uma empresa.
Mas se empreender é a palavra de ordem, a busca pela informação é fundamental para transformar a vontade de vencer em um empreendimento de sucesso.
Segundo o estudo, o futuro empreendedor entende que ter um negócio significa colocar mesmo a mão na massa, e sair da zona de conforto dos sonhos, e imergir nas responsabilidades de uma realização profissional.

É comum os jovens inspirarem-se em exemplos bem sucedidos para vislumbrar um empreendimento e assim apostar na iniciativa, mas é preciso interpretar os números do sucesso. É preciso correr riscos calculados. E entender que faz parte da trajetória empreendedora dedicar-se plenamente, buscar informações, por muitas vezes abdicar de tempo e do lazer, pesquisar, aprofundar conhecimento e  aprimorar a visão de negócios.

Fonte: Jornal O Globo, Caderno Classificados – Segunda, 23/02/2015.

 

Vida pessoal e profissional: ponto de equilíbrio

bem estar

Aliar o exercício profissional ao bem-estar pessoal é fundamental para a saúde, para o sucesso na carreira e para a auto realização.
A tão buscada qualidade de vida tem direcionado pessoas a renovar hábitos e adotar atitudes que transformem suas vidas e carreiras.
Não é por acaso que muitas empresas decidem investir em programas de apoio à saúde, alimentação, práticas esportivas e criatividade de seus colaboradores.
E não importa o porte da empresa, existem programas com benefícios voltados para a qualidade de vida e bem-estar do colaborador para todos os perfis de investimentos.
Atividades como ginástica laboral, fisioterapia, pilates, massagem, orientação à atividades físicas e práticas de esportes, terapias e programas antitabagismo, além de contribuir para a saúde do colaborador, aumentam a motivação e a produtividade.
Para uma empresa, o ideal é que o funcionário não adoeça, produza e esteja motivado e feliz em seu ambiente de trabalho. Assim também a empresa reduz os custos com assistência médica – os custos com planos de saúde têm sido uma grande preocupação – e minimiza a probabilidade de licenças médicas de seus colaboradores. Vale ressaltar que há a questão demográfica, pois sabemos que a população do Brasil está envelhecendo. Profissionais saudáveis significa profissionais produtivos por mais tempo.

Fonte: Jornal O Globo, Caderno boa Chance – Domingo, 22/02/2015.

RH-RIO 2014

40º Congresso de Gestão de Pessoas do Estado do Rio de Janeiro

 

Data: 20 e 21 de maio de 2014

Local: Centro de Convenções SulAmérica

Horário: 8h às 20h

 

Informações comerciais sobre patrocínios e estandes com Talita Snitcovsky:

(21) 2277-7755 ou (21) 98554-6410 | talita@abrhrj.org.br